sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

A CIDADE DE MANAUS DE ANTIGAMENTE

A atual Catedral Metropolitana de Manaus está situada na parte central da cidade, sobre uma elevação entre os igarapés do Espírito Santo e da Ribeira (ambos aterrados), com sua fachada principal voltada para o rio Negro que até hoje é o principal portão de entrada da capital amazonense.
Historia da Catedral Metropolitana de Manaus ou Igreja da Matriz (7)
Historia da Catedral Metropolitana de Manaus ou Igreja da Matriz (10)
Historia da Catedral Metropolitana de Manaus ou Igreja da Matriz (3)
Restauro
A Praça XV de novembro, onde está localizada a Igreja da Matriz, já recebeu diversos nomes como Largo da Olaria, Praça da Imperatriz, praça do comércio ou praça Osvaldo Cruz. De todos esses nomes o mais importante é ter sido denominado de Largo da Olaria e este foi um dos primeiros nomes, ainda, no Brasil Colônia.
Vistas da evolução da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e seu entorno. Construída pelos padres Carmelitas em 1659 – erguem a primitiva Matriz de Nossa Senhora da Conceição.
Historia da Catedral Metropolitana de Manaus ou Igreja da Matriz (1)
Relógio Municipal
História através do tempo:
Em 1695 – É criada a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição.
Em 1786 – Construída a futura Catedral de Manaus.
Em 1850 – Sofre um incêndio nesse mesmo ano.Em 1855 é autorizado o gasto para a construção de uma nova Igreja Matriz.
Em 1859 – as obras paralisam.
Em 1860 – recebe alterações em sua construção.
Em 1870 – começam as obras de construção do primeiro cais da cidade em frente da Igreja – chamado Cais da Imperatriz.
Em 1871 – Os comerciantes Antonio Joaquim da Costa & Irmãos se propuseram a realizar gratuitamente o aterro e o calçamento do espaço entre as duas rampas que existiam na praça, concluindo o serviço no ano seguinte.
Em 1877 – O presidente da província Domingos Monteiro reconhece que há defeitos em sua construção.
Em 1878 – Somente em 15 de agosto de 1878, passados vinte anos de sua construção, a Igreja pôde ser benta e inaugurada.
Historia da Catedral Metropolitana de Manaus ou Igreja da Matriz (2)
Em 1894 – Eduardo Ribeiro faz algumas obras de aformoseamento na Praça XV de Novembro e conclui as obras no complexo da Igreja Matriz e seu entorno com o aterramento do Igarapé do Espírito Santo num dos lados da praça.
Em 1897 – criam-se as praças laterais ajardinadas.
Em 1915 – a praça denomina-se: Praça do Comércio.
Em 1939 – Praça Osvaldo Cruz; Embelezamento da Praça Santo Dumont com o seu chafariz fica em frente à Matriz; Em um jardim – ficava o monumento ao Barão Sant’Ana Nery;Em outro jardim ficava o Pavilhão Universal Ajuricaba; Na lateral na av. Eduardo Ribeiro foi construído o Obelisco em homenagem a elevação de Manaus a Província.
E também nos idos de 1927 – o relógio da municipalidade e nos anos 1970 sob a administração do prefeito Jorge Teixeira – as praças foram dilapidadas bem como retirados seus monumentos, lajotas de Canaria de mármore da igreja matriz substituídos por peças de cimento.
Historia da Catedral Metropolitana de Manaus ou Igreja da Matriz (21)
Praça da Matriz
Atualmente, duas das principais avenidas da cidade margeiam a Catedral e seu jardim: as avenidas Eduardo Ribeiro e a Sete de Setembro. A localização da capela carmelita, que teria sido o núcleo original da Catedral Metropolitana de Manaus, é um ponto de controvérsia, pois, segundo alguns interessados pelo tema, a capela Nossa Senhora da Conceição estava localizada mais a oeste da atual (Tenreiro Aranha, entre outros).
Em 1858, o Presidente da Província, Francisco José Furtado, autoriza o início da construção da igreja atual com a fixação da primeira pedra do atual templo. O prédio foi custeado diretamente pela província, o Amazonas, e pelo império brasileiro. E a tradicional falta de mão-de-obra e de material fez com que a igreja só fosse dada como terminada em 1877. Um ano após o lançamento da pedra fundamental, índios eram capturados para trabalhar na construção.
Historia da Catedral Metropolitana de Manaus ou Igreja da Matriz (17)
Anos 70
Historia da Catedral Metropolitana de Manaus ou Igreja da Matriz (14)
Anos 70
Historia da Catedral Metropolitana de Manaus ou Igreja da Matriz (20)
Anos 70
Historia da Catedral Metropolitana de Manaus ou Igreja da Matriz (18)
2009
A catedral Metropolitana de Manaus tem linhas neoclássicas desde sua fachada até o seu interior. Foi construída sobre uma capela do século XVII, recebendo acréscimo posterior até chegar às dimensões atuais. A sua fachada principal contém uma escada de acesso com cinco degraus, frontões triangulares sobre a porta principal, janelas e duas torres sineiras.

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

CRISE NO SETOR DE CONSTRUÇÃO

Estácio de Sá demite 1,2 mil professores após reforma trabalhista

Ricardo Moraes/Reuters
A building of Estacio college is pictured in Rio de Janeiro, Brazil, June 30, 2016. REUTERS/Ricardo Moraes ORG XMIT: RJO09
Prédio da Estácio no Rio de Janeiro
Quase um mês após a entrada em vigor das novas regras trabalhistas, o grupo de ensino superior Estácio comunicou nesta terça-feira a demissão de 1.200 professores. A instituição possui hoje cerca de 10 mil docentes.
Novos profissionais serão recontratados para substitui-los sob o modelo trabalhista renovado. A empresa diz que lançou "um cadastro reserva de docentes para atender possíveis demandas nos próximos semestres, de acordo com as evoluções curriculares". A informação foi antecipada pelo jornal "O Globo".
De acordo com nota da assessoria de imprensa da companhia, "todos os profissionais que vierem a integrar o quadro da Estácio serão contratados pelo regime CLT, conforme é padrão no grupo".
A nova lei trabalhista formalizou o trabalho intermitente, permitindo que as empresas criem um banco de funcionários que podem ser acionados quando houver demanda. O pagamento é proporcional ao tempo dedicado.
"A reorganização tem como objetivo manter a sustentabilidade da instituição e foi realizada dentro dos princípios do órgão regulatório", diz o comunicado da empresa.
Um professor demitido na manhã desta terça-feira (5), que pediu para não ter sua identidade divulgada, afirma que a demissão em massa não havia sido sinalizada e surpreendeu a todos. Segundo ele, existia uma desconfiança por parte dos professores quando a reforma trabalhista entrou em vigor, mas não se esperava que aconteceria tão cedo e com tamanha dimensão.
Questionada pela reportagem, a empresa não informou que critérios usará para selecionar o novos professores que cobrirão o rombo. A nova CLT determina um intervalo de 18 meses para que os mesmos profissionais sejam recontratados pelo regime intermitente.

EU ENTENDO COMPLETAMENTE AS PALAVRAS DA ESPOSA DO JOSÉ ALDO. MAIS NO BRASIL É ASSIM NINGUÉM SABE PERDER INFELIZMENTE É ASSIM, - Esposa de José Aldo desabafa nas rede sociais e emociona




                                            LIÇÃO DE VIDA




Viviane usou sua conta no Instagram para reproduzir o texto de Carlos Henn.
“10 anos como campeão invicto, por seus próprios méritos. O Brasil nunca lhe ajudou em sua carreira. Não alimentou sua fome e nem lhe forneceu se quer uma luva. Nos deu seu exemplo de superação e ajuda a muitas pessoas carentes. Hoje vejo críticas desumanas e piadas que doem em minha alma, uma completa ingratidão de um país sem memória. O esporte trás na sua essência a possibilidade de vitória e derrota e você venceu muito. Entretanto nosso povo é extremamente cruel, ingrato e sem memória. Obrigado por ser esse exemplo de Brasileiro e mesmo sem ter recebido nada de nosso país, ajuda tanto os menos favorecidos. Esse país não merece você! Mas sei que você é tão forte que não liga para isso. Você é um dos maiores seres humanos que já conheci, um gênio no esporte. Uma alma gigante, que vai utilizar a dor desse momento como crescimento; como sempre fez na sua vida. A Família agradece pelas inúmeras mensagens dos fãs que sempre estiveram na vitória e na derrota.”
Esposa de José Aldo desabafa: "Às vezes sinto vergonha de ser brasileira"
Esposa de José Aldo desabafa: “Às vezes sinto vergonha de ser brasileira”

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Em novela da Record, anticristo veio de Roma e fundou igreja que faz clara referência à Católica. Com certeza os católicos não vão deixar barato esta crítica.. só quem pode prever o futuro por mais que esteja escrito em algum livro, é DEUS. Não é o Pastor Bispo Edir Macedo, não é novela da Reord que vai mudar os destinos dos Católicos. Não use a raiva como um meio para ofender um irmão porque a raiva passa, mais palavras ficam.

RIO — "Apocalipse", a novela da Record que estreou esta semana, não pretende economizar nas polêmicas. Já em seu segundo capítulo, na quarta-feira, o folhetim apresentou a Igreja da Sagrada Luz, fundada pelo anticristo e sediada em Roma, numa clara referência à Igreja Católica.
A "verdadeira" missão da igreja é anunciada pelo personagem de Sergio Marone, o vilão Ricardo Montana, ao chegar a Roma: "Bem-vindo à Igreja da Sagrada Luz. São quase 1.700 anos espalhando as trevas pelo mundo. Mas, é claro, tudo muito bem elaborado para parecer divino. O engano é a minha especialidade".
Cena de 'Apocalipse', nova novela da Record - Reprodução
Pouco depois, o personagem do ator Flávio Galvão (Stefano Nicolazi) aparece conversando com o sacerdote máximo da igreja. O "papa" fala como a instituição conseguiu manter o poder por tantos séculos graças às suas alianças com as "pessoas certas".
Ele então alerta para a importância de estreitar as relações com a poderosa família Montana. Na novela, Nicolazi será o falso profeta do Apocalipse, além de cúmplice e mentor de Ricardo Montana.


segunda-feira, 20 de novembro de 2017

A CIDADE DE MANAUS CAPITAL DO ESTADO DO AMAZONAS ESTÁ DE PARABÉNS COM A REVITALIZAÇÃO DA PRAÇA DA MATRIZ.

UM TRABALHO DO PREFEITO ARTUR PARA FICAR NA HISTÓRIA. A PRAÇA DA MATRIZ TODA REVITALIZADA



Por G1 AM
 
Relógio da praça foi restaurado  (Foto: Patrick Marques/G1 AM)Relógio da praça foi restaurado  (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
Relógio da praça foi restaurado (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
A Praça XV de Novembro, ou Praça da Matriz, como é popularmente conhecida, foi reinaugurada durante uma festa nesta quarta-feira (15), no Centro de Manaus. Moradores da capital que estiveram no evento relembraram histórias presenciadas por eles no local durante a juventude.
A praça foi fechada em 2014 e a área ficou coberta por tapumes desde então. Com o fim da reforma, o chafariz e o relógio, locais centrais da praça, foram restaurados, bem como a pintura das escadarias, igreja e portões. Uma nova iluminação pública e calçamento também fazem parte da reforma.
O prefeito de Manaus, Artur Neto, participou da cerimônia de abertura. Ele informou que a prefeitura trabalha agora na reabertura da Praça Tenreiro Aranha, na Av. Floriano Peixoto.
"Esse é um dos cartões postais de Manaus. É uma grande retomada do nosso projeto de recuperação histórica da cidade. Vamos retomar o respeito, a beleza e aquele apreço ao turismo que nós temos", disse.
Amigas tiraram foto em pontos centrais da Praça da Matriz (Foto: Patrick Marques/G1 AM)Amigas tiraram foto em pontos centrais da Praça da Matriz (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
Amigas tiraram foto em pontos centrais da Praça da Matriz (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
Calçamento da Praça da Matriz foi reformado (Foto: Patrick Marques/G1 AM)Calçamento da Praça da Matriz foi reformado (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
Calçamento da Praça da Matriz foi reformado (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
Dezenas de pessoas marcaram presença na reabertura. A aposentada Raimunda Maria Ferreira, de 47 anos, disse ter conhecido o falecido esposo em um de seus passeios pela praça, há 30 anos.
“Conheci meu esposo aqui. Eu estudava aqui no Centro e a Praça fazia parte do meu caminho para a escola, todos os dias. Em uma das vezes, conheci o meu esposo aqui, namorávamos escondido aqui e tive quatro filhos com ele. Caminhar por aqui hoje me fez ter muitas recordações boas”, lembrou.
As amigas Lídia Ramos de Souza, de 71 anos, e Maria do Carmo Brito, de 69 anos, passearam durante a reinauguração da Praça da Matriz e também lembraram momentos da juventude que viveram no local.
“Fiquei muitas vezes sentada aqui, quando era mais nova. Esta área merecia esta reforma. Meus filhos até me perguntaram o que eu vinha fazer aqui já que era apenas a reinauguração e disse que ia relembrar o que vivi há 30 anos”, brincou Lídia.
Espaço para passeio foi ampliado (Foto: Patrick Marques/G1 AM)Espaço para passeio foi ampliado (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
Espaço para passeio foi ampliado (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
Para o industriário Paulo Barros, de 59 anos, a reforma trouxe um maior espaço para as pessoas passearem no local. Ele lembrou que, antes da reforma, existia uma avenida conhecida como “Avenida do Relógio”. Hoje, onde a avenida passava, se tornou uma extensão para a Praça, segundo ele.
“O espaço está muito maior. Antes, as pessoas andavam meio juntas por aqui. Tinham camelôs e a locomoção era um pouco complicada. Hoje, está bem maior o espaço da Praça”, disse o industriário.
Praça da Matriz é um dos cartões postais da capital amazonense (Foto: Patrick Marques/G1 AM)Praça da Matriz é um dos cartões postais da capital amazonense (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
Praça da Matriz é um dos cartões postais da capital amazonense (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
Espaço conta com quiosques para alimentação de visitantes (Foto: Patrick Marques/G1 AM)Espaço conta com quiosques para alimentação de visitantes (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
Espaço conta com quiosques para alimentação de visitantes (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
O diretor-presidente do Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, esteve presente. Ele explica sobre a preservação de uma das áreas perto das escadarias da igreja.
"Ali existiam diversas lajes que estavam segurando o espaço. Por termos achado vestígios de arqueologia o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) pediu mais tempo para elaborar um projeto adequado. Isso é uma obra de restauro. A partir do momento que aparecem esses fragmentos históricos é preciso muita pesquisa para revitalizar e entregar isso para a sociedade de forma adequada", disse.
Árvore de natal foi inaugurada no local (Foto: Patrick Marques/G1 AM)Árvore de natal foi inaugurada no local (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
Árvore de natal foi inaugurada no local (Foto: Patrick Marques/G1 AM)

Programação

A programação da festa de reinauguração da Praça teve início às 16h, com apresentações musicais de Lucilene Castro, Nunes Filho e Zezinho Correa, seguidos pelo coral da Escola Municipal Don Jacson Damasceno.
O evento recebe ainda a “Celebração de Benção”, com a presença do arcebispo de Manaus, dom Sérgio Castriani. O ministro da Cultura (MinC), Sérgio Sá Leitão, e a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa também participaram da reinauguração da Praça da Matriz.
Iphan pediu mais tempo para analisar vestígios arquilógicos em área na Praça da Matriz, diz Manauscult (Foto: Patrick Marques/G1 AM)Iphan pediu mais tempo para analisar vestígios arquilógicos em área na Praça da Matriz, diz Manauscult (Foto: Patrick Marques/G1 AM)
Iphan pediu mais tempo para analisar vestígios arquilógicos em área na Praça da Matriz, diz Manauscult (Foto: Patrick Marques/G1 AM)